A Luz da Estrela Morta

Exposição de Luísa Sequeira na galeria Nuno Centeno.

No âmbito do FITEI Luísa Sequeira apresenta uma instalação partir do recorte da obra de Bárbara Virgínia, “A Luz da Estrela Morta”, resulta do processo criativo de produção e realização de “Quem é Bárbara Virgínia?”, filme que trata a invisibilidade pelo esquecimento. É um resgate de fragmentos por parte de uma outra mulher: 70 anos depois, o que resistiu ao tempo?

De 15 a 25 de Maio na Galeria Nuno Centeno Rua da Alegria 598, 400-037 Porto

Shortcutz Porto

Shortcutz Porto sessão #242 em parceria com o Festival Feminista do Porto 2019

8 de Maio, 22 horas, Maus Hábitos

Como em anos anteriores o Shortcutz Porto faz uma parceria com o Festival Feminista do Porto e apresentamos uma programação especial com a presença da Regina Guimarães e da Ana Deus.

Ateliers Ângelo de Regina Guimarães Sinopse: Ateliers Ângelo filmam-se os espaços de trabalho do artista logo após a sua morte. A sua ausência é agora uma presença imensa e impossível de representar.

Passarinho de Berlim de Ana Deus Sinopse: Filmar os filhos é normal, mas o que me pareceu especial nestas imagens reencontradas há poucos meses foi a forma como o fizemos. Fomos protagonistas dessa felicidade, era natural, mas foi também aumentada pela câmara, como um espelho/olho que dobra e devolve tudo o que vê.A câmara, assim como o projetor de slides, o ecrã duma tv barata ou uma mesa de vidro eram brinquedos como os outros, ou melhores ainda.Passarinho de Berlim era um personagem que o nosso filho mais velho criara para as suas próprias filmagens. Achei que seria um bom nome, quase como metáfora dessa nossa existência, tão caseira mas tão fora dali.

Vermelho de Márcia Bellotti e Luiza Porto Sinopse: Por meio de uma fusão entre performance, ficção e documentário, este videoarte fala sobre as amarras que constroem à força o universo feminino.”Não se nasce mulher: torna-se…” _Simone de Beauvoir em “O segundo sexo” (Le deuxième sèxe, 1949)

Ashes of the Afternoon (134 mortes) de Márcia Bellotti e Luiza Porto Sinopse:Ashes of the Afternoon (134 mortes) parte de uma visão surrealista para trazer uma crítica política contemporânea sobre a violência que envolve o dia-a-dia das pessoas transexuais no Brasil.



Quem é Bárbara Virgínia? no IberoDocs

O documentário “Quem é Bárbara Virgínia?” foi selecionado para o IBERODOCS, exibição dia 19 de Abril às 18h30 na Universidade de Edimburgo .

Quem é Bárbara Virgínia? de Luísa Sequeira no IberoDocs 2019

IberoDocs – the Ibero-American Documentary Film Festival in Scotland – is back and bolder than ever. For the first time, it is bringing you a six-weeks festival running from April 11th until May 19th touching both Edinburgh and Glasgow.

IberoDocs 6th edition. Screening of Documentary Film “Who Is Bárbara Virgínia?”

Exposição coletiva de fotografia

Imagem de Luísa Sequeira ( MIP- Mês da Imagem do Porto)

No âmbito do MIP 2019 – Mês da Imagem do Porto a Galeria Adorna Corações apresenta uma exposição coletiva de fotografia, de 11 de Abril até 4 de Maio, com Joaquim Luxo, Luísa Sequeira, Nelson Miranda e Nelson Silva.

Porto: Código Design / Rua de Serpa Pinto 168

Exposição ´Por Onde vai um(a) Português(a)…’, integrada no Mês da Imagem do Porto

Ciclo de cinema Mulheres, Arte e Ditadura

Exibição do filme ” Quem é Bárbara Virgínia?” de Luísa Sequeira, no âmbito da realização do projecto “Mulheres, artes e ditadura – os casos de Portugal, Brasil e dos países africanos de língua portuguesa” – GAPS/CEHUM / O Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho .

Quem é Bárbara Virgínia? de Luísa Sequeira no ciclo de cinema Mulheres, Arte e Ditadura

Leiria Film Fest

Filme “Memória, Substantivo Feminino” de Luísa Sequeira na Sessão de Abertura do Leiria Film Fest

“Memória, Substantivo Feminino” de Luísa Sequeira

Bárbara Virgínia

Dia 7 de Março de 2015 partiu Bárbara Virgínia, a primeira cineasta portuguesa, na altura estava no Brasil com o Sama a realizar Quem é Bárbara Virgínia?, um filme sobre esta mulher incrível, que em 1946 realizou a sua primeira longa-metragem. Com apenas 22 anos ousou fazer um filme, num ambiente aonde só aos homens era permitido realizar cinema. Foi uma intensa viagem que ainda continua… Em jeito de homenagem, aqui fica um vídeo gravado no Cine-concerto Cine Lucem “Três Dias sem Deus”.

Bárbara Virgínia / Cine Concerto from Luísa Sequeira on Vimeo.

Programação CINEVAGA 2019

CINEVAGA

Tal como na primeira edição da VAGA, sentimos necessidade de abrir um espaço de programação de cinema. Este ano, desafiámos a Luísa Sequeira para criar um programa que refletisse o espírito da VAGA e pudesse fazer com o cinema o que pretendemos fazer com as artes performativas: um espaço de encontro, partilha e discussão. Assim, CINEVAGA apresenta uma série de curtas metragens, que ora são primeiras obras, ora foram criadas ainda em contexto escolar, ora estabelecem uma relação com profissionais formados na ACE Escola de Artes por terem na sua equipa alunos, ex-alunos ou professores.

A entrada é gratuita, limitada à lotação da sala.

3ª EDIÇÃO DO INDIEJÚNIOR ALLIANZ

3

Durante seis dias, o IndieJúnior Allianz vai ocupar a cidade do Porto com um festival que vai ser alargado para 43 sessões de cinema e, entre as novidades deste ano, consta o Cinema de Colo para a primeira experiência com bebés, com filmes sobre animais. Destinada a crianças com menos de três anos, a primeira sessão do Cinema de Colo é no sábado, dia 2 de fevereiro, pelas 10h30, repete às 11h15 e às 12h00, e no domingo nos mesmos horários. As entradas são gratuitas mediante levantamento de bilhete no local e no próprio dia da sessão.

Esta edição tem como ponto de partida o tema “O lugar”. O festival integra uma competição internacional de longas e curtas metragens, com quase 50 filmes recentes (ficções, documentários, animações), quase todos inéditos no nosso país, e que são avaliados pelos três júris (oficial, escolas e público) que atribuem o palmarés do festival. Vários dos filmes a concurso foram selecionados por crianças e jovens dos 6 aos 18 anos, que participaram na iniciativa “Eu Programo um Festival de Cinema!”, organizada em parceria com o Programa Paralelo do Teatro Municipal do Porto e que envolveu alunos de quatro escolas da cidade (do 1º Ciclo do Ensino Básico ao Secundário).

The NeverEnding Story by Wolfgang Petersen é o filme escolhido por Luísa Sequeira

Mantém-se a secção “O Meu Primeiro Filme”, contando com três convidados da cidade do Porto para escolher o filme mais marcante da sua infância. Este ano, foram convidadas pessoas que de alguma forma se relacionam com o tema desta edição. São elas Álvaro Domingues, geógrafo e professor universitário, Filipa Fróis Almeida, arquiteta que faz também parte do coletivo FAHR 021.3, que cria entre outras coisas, esculturas efémeras nas cidades, e Luísa Sequeira, jornalista, realizadora e programadora de cinema. Cada um deles apresentará a sua sessão, contando e partilhando as suas primeiras memórias do cinema com o público mais jovem.

A exposição colectiva “ER.A UMA VEZ…”

A exposição colectiva “ER.A UMA VEZ…”, acontece no  dia 15 de Dezembro 2018, pelas 16h00. Este evento está inserido MIP _ Mês da Imagem do Porto
Ao fechar o ano, “ER.A UMA VEZ…” traz um excerto dos trabalhos expostos ao longo do ano 2018 no Adorna Corações.
Exposição patente até 13 de Janeiro 2019.

Estefânia e Luísa Sequeira

Artistas:
Rico Schwartzberg:: Interlaced
Isabel Castro:: Manuela, Ivan da Silva::Nextluk
Luísa Sequeira:: O Tempo dos Outros
Michele Corleone:: BOKETOKYO, Michael Ackerman: Sem Título, Bruno Boudjelal:: Goudron Tanger – Le Cap

Collective exhibition “ER.A UMA VEZ…”, on the 15th of December 2018 at 4:00pm.
With the end of the year, “ER.A UMA VEZ…” showcases an excerpt of the works exhibited throughout 2018 in Adorna Corações.
We hope to see you there!
Exhibition to be held until the 13th of Januray 2019.

 

Montagem da exposição na Adorna corações na cidade do Porto.