3ª EDIÇÃO DO INDIEJÚNIOR ALLIANZ

3

Durante seis dias, o IndieJúnior Allianz vai ocupar a cidade do Porto com um festival que vai ser alargado para 43 sessões de cinema e, entre as novidades deste ano, consta o Cinema de Colo para a primeira experiência com bebés, com filmes sobre animais. Destinada a crianças com menos de três anos, a primeira sessão do Cinema de Colo é no sábado, dia 2 de fevereiro, pelas 10h30, repete às 11h15 e às 12h00, e no domingo nos mesmos horários. As entradas são gratuitas mediante levantamento de bilhete no local e no próprio dia da sessão.

Esta edição tem como ponto de partida o tema “O lugar”. O festival integra uma competição internacional de longas e curtas metragens, com quase 50 filmes recentes (ficções, documentários, animações), quase todos inéditos no nosso país, e que são avaliados pelos três júris (oficial, escolas e público) que atribuem o palmarés do festival. Vários dos filmes a concurso foram selecionados por crianças e jovens dos 6 aos 18 anos, que participaram na iniciativa “Eu Programo um Festival de Cinema!”, organizada em parceria com o Programa Paralelo do Teatro Municipal do Porto e que envolveu alunos de quatro escolas da cidade (do 1º Ciclo do Ensino Básico ao Secundário).

The NeverEnding Story by Wolfgang Petersen é o filme escolhido por Luísa Sequeira

Mantém-se a secção “O Meu Primeiro Filme”, contando com três convidados da cidade do Porto para escolher o filme mais marcante da sua infância. Este ano, foram convidadas pessoas que de alguma forma se relacionam com o tema desta edição. São elas Álvaro Domingues, geógrafo e professor universitário, Filipa Fróis Almeida, arquiteta que faz também parte do coletivo FAHR 021.3, que cria entre outras coisas, esculturas efémeras nas cidades, e Luísa Sequeira, jornalista, realizadora e programadora de cinema. Cada um deles apresentará a sua sessão, contando e partilhando as suas primeiras memórias do cinema com o público mais jovem.

Pós-Graduação em Argumento – Escola Superior de Media Artes e Design – Politécnico do Porto

Pós-Graduação em Argumento – Escola Superior de Media Artes e Design – Politécnico do Porto
A Pós-Graduação em Argumento oferece um currículo de especialização avançada em escrita criativa, destinando-se a profissionais da indústria cinematográfica, televisiva e multimédia. Ao longo de dois semestres, cada formando será orientado no desenvolvimento de projetos de argumento que satisfaçam os padrões de qualidade do standard profissional.

Luísa Sequeira leciona na pós-graduação em argumento na Esmad

Exibição do filme ” La Luna” no Cinema Museum em Londres

“La Luna” vai ser exibido no Exploding Cinema at The Cinema Museum em Londres

“La Luna” de Luísa Sequeira

 

For the last few years Exploding Cinema have been putting on shows at The Cinema Museum, promoting fresh new short films and turning the venue into a psychedelic wonderland with their massive collection of old projectors painting the walls with found footage and weird super 8 loops.

 

Exploding Cinema is back in November, showing a programme of independent shorts submitted from all over the world. Drama, Documentary, Animation, Experimental, weird and wonderful share the main screen, while the rest of the walls (and the ceiling) play host to the Exploding Cinema’s legendary eclectic psychedelic visuals projection show.

Quem é Bárbara Virgínia? no festival Porto Femme

Porto Femme

“Exibir e divulgar o trabalho das mulheres” no cinema é o objetivo do Porto Femme, cuja primeira edição vai decorrer de 30 de maio a 3 de junho.

Promovido pela XX Element Project – Associação Cultural, o Porto Femme “pretende exibir e divulgar o trabalho das mulheres” no mundo do cinema, “promovendo a igualdade e o empoderamento destas no universo cinematográfico”.

O evento pretende ser um “lugar de exibição e divulgação de múltiplos e diversos universos que colocam a mulher no centro”.

Quem é Bárbara Virgínia? foi o filme de abertura do Festival Porto Femme na biblioteca Almeida Garrett no Porto.

Quem é Bárbara Virgínia? de Luísa Sequeira

 

Luísa Sequeira na sessão de abertura da 1ª edição do festival Porto Femme na biblioteca Almeida Garrett no Porto.

O 25 de Abril na OITAVO

Exposição coletiva na Galeria Oitavo.

“O 25 de Abril na OITAVO” é a próxima exposição da Galeria Oitavo, entre as 15h e as 20h desse mesmo dia. Coube-nos a nós, Oitavo, convidar uma série de artistas de relevo dentro do panorama nacional e internacional para o desenvolvimento de uma criação conjunta com os 44 anos (e tudo o que daí adveio, mudou e se criou) em mente.

O projeto consiste na interpretação do megafone e da sua simbologia por cada artista convidado, tendo em conta as suas vivências, ideais e disciplina em que se inserem. Para o efeito, a Oitavo fornecerá a cada artista uma megafone que eles reformularão de acordo com a sua visão do que é, o que foi e o que será o 25 de Abril.

Vozes de Abril

Luísa Sequeira + Sama

 

Megafone de Luísa Sequeira e Sama. Exposição na Galeria Oitavo.

 

“O tempo dos outros” de Luísa Sequeira/ “The Time of Others” by Luísa Sequeira

 

“O tempo dos outros” de Luísa Sequeira

A Adorna Corações tem o prazer de apresentar a primeira exposição individual de fotografia contemporânea da realizadora Luísa Sequeira.
De 21 de Abril a 23 de Junho de 2018.

Morada: Rua do Rosário 147 

…………………..

“The Time of Others” by Luísa Sequeira

Adorna Corações is pleased to present the first solo exhibition of contemporary photography by the director Luísa Sequeira.
From 21 April to 23 June 2018.

Address: Rua do Rosario 147

 

Exposição de fotografia de Luísa Sequeira/ Photography exhibition by Luísa Sequeira

 

 

Shortcutz Porto em colaboração com o Porto Femmes e Festival Feminista do Porto

Shortcutz Porto

 

“Eu e Tu até sermos TODAS!” é o lema da 3ª edição do Festival Feminista do Porto (FFP), que tem como foco a desigualdade de género e as discriminações baseadas na raça, nacionalidade, classe, sexualidade e capacidades são os principais focos do festival.
O programa do FFP inclui várias iniciativas como debates, tertúlias, ações de rua, performances, teatro, concertos, exposições, lançamentos de livros e cinema.


O Shortcutz Porto em colaboração com o Porto Femmes e Festival Feminista do Porto presenta uma Mostra de Filmes “Por um Cinema Negro no Feminino – Brasil” com curadoria de Janaína Oliveira é composta por realizações significativas da produção negra feminina brasileira na contemporaneidade. O objetivo desta mostra é apresentar ao público uma fração da força dessa geração que vem fortalecendo produções coletivas, destacando o protagonismo feminino negro nas produções audiovisuais do país ao buscar quebrar as barreiras de produção do cinema nacional no Brasil.
7 de Março de 2018
Maus Hábitos
22 horas
Entrada gratuita

Quem é Bárbara Virgínia? no Festival Internacional de Cinema de Roterdão – IFFR 2018

O documentário Quem é Bárbara Virgínia?,  foi exibido  no Festival Internacional de Cinema de Roterdão, um dos mais prestigiados festivais de cinema independente e experimental do mundo.

Quem é Bárbara Virgínia foi exibido na secção Regained, que contempla filmes sobre o arquivo, a memória.

 

IFFR 2018 / Luísa Sequeira

Segundo a organização do Festival Internacional de cinema de Rotterdam o documentário de Luísa Sequeira ” tem uma pontuação melancólica maravilhosa,  que leva finalmente a sério o trabalho de Bárbara Virgínia ”

 

Who is Bárbara Virgínia? Quem é Bárbara Virginía? no IFFR 2018

IFFR 2018

According  the organization of the Rotterdam International Film Festival, Who is Bárbara Virgínia?  by Luísa Sequeira presents ” with a wonderful melancholy score, finally takes her seriously”  ( IFFR 2018)